quarta-feira, 3 de julho de 2013

Da corrida e do esforço físico

Ontem fui novamente correr. 3,2km, divididos em 2 troços (2,2 + 1), intervalados com caminhada, numa tarde perfeita para a corrida - fresca!
Senti-me bem comigo própria, teria corrido mais não fosse a minha companhia ter optado por parar.
Descobri que sou capaz, que afinal correr não é nenhum bicho de sete cabeças, que tenho alguma resistência, que a respiração aguenta e as pernas também.
Descobri que dá gozo ultrapassar as nossas próprias barreiras, irmos um pouco mais além, solicitar o nosso corpo para novos desafios.

Hoje é dia de ir nadar na hora de almoço, mas trouxe o equipamento para ir correr ao final do dia, caso me dê a pica para o fazer.
Não sei se não estou a começar, novamente, a "abusar" do meu corpo. Afinal, exceptuando hoje, tenho ido todos os dias caminhar de manhã cedo, durante cerca de 40 minutos, antes de vir para o trabalho.
E hoje, sendo dia de jejum, talvez não seja o dia ideal... 
Mas a verdade é que me apetece mesmo. E também é da maneira que avalio como se comporta o corpo nestes dias...



Sem comentários: