quarta-feira, 25 de junho de 2014

Organização da casa: fase 1 completa

E pronto: a sala de jantar está arrumada. Parece um espaço novo, de tão clean que está! OK, exagero meu, mas está com muito melhor ar, sem papeladas, sem tralhas. 
O difícil agora vai ser manter... mas um dia de cada vez.

O projeto desta semana é a cozinha: tenho de a libertar de inúmeras coisas desnecessárias que por lá andam, guardadas dentro dos armários, a parecer que estão arrumadas, quando na verdade não estão.
É que além de não lá estarem a fazer nada, ainda me ocupam espaço, fazendo com que outras tenham de se manter por cima dos balcões dando um ar desleixado a todo o espaço.

Não sei se vou conseguir terminar a arrumação até ao fim de semana, mas vamos por partes e logo se vê. 

quarta-feira, 18 de junho de 2014

Organizando a casa

Quem me conhece sabe que organização / arrumação não é o meu forte.
Apesar de fazer algum esforço por combater esta minha característica (não quero chamar-lhe defeito...), a verdade é que a preguiça, normalmente, leva a melhor e as coisas (em especial, papelada e roupa) vão ficando acumuladas, onde não devem e a situação vai tomando proporções, muitas vezes, dramáticas.

Entendam-me: não me enquadro na classe dos "hoarders" nem a minha casa acumula sujidade (para evitar isso, vai lá uma senhora uma vez por semana, por alguma ordem), mas há uma tendência natural para a desarrumação.

Considero, há já algum tempo, que, além de ser algo geneticamente entranhado, há duas principais razões para tal acontecer:

  1. A quantidade de coisas que tenho em casa (cada vez mais me convenço que tenho muito mais do que realmente preciso, em várias áreas);
  2. A falta de condições apropriadas para a organização de determinados itens.
Há uns meses fizemos uma "limpeza" lá em casa e despachamos uma quantidade de coisas que estavam apenas a ocupar espaço, desde roupa a calçado, passando por "cacos" de decoração, entre outros.
Mas sinto que ainda pecou por defeito. Ainda há muita coisa lá por casa que não faz falta, que está apenas a ocupar espaço.
Se não pegamos em algo em mais de 2 anos, isso é sinal que não é necessária! Concordam?

Além disto, sinto que ainda faltam sítios / condições adequadas para a arrumação de algumas coisas e que permitam que, com a nossa maneira de ser, consigamos manter a casa com ar minimamente ordenado.

Tenho, pois, em mente, tomar duas ações (em pequenos passos, naturalmente):
  1. Fazer uma organização (com filtro de tralha) em cada espaço da casa - estou a começar pela sala de jantar (que é a zona de entrada, onde vamos acumulando mais coisas desnecessárias e fora de sítio);
  2. Dotar a casa de pequenas estruturas de arrumação que apoiem o nosso dia a dia, e permitam mais facilmente ter as coisas onde devem estar (ou pelo menos, com aspeto organizado).
Estive a fazer uma ronda pelo site da IKEA e acho que hoje vou lá buscar uns acessórios para este segundo passo. 
E ainda hoje a sala de jantar fica com utilizável, apresentável e funcional para o futuro! :)

terça-feira, 17 de junho de 2014

Coisas que não gosto #2




Este calor que se instalou, de repente, neste nosso cantinho à beira-mar plantado. Não fui feita para estas temperaturas... muito menos com esta barriga e a pouca escolha de roupas que tenho à data!


sexta-feira, 6 de junho de 2014

Parece que desisti, eu sei!

Mas não foi isso que aconteceu.

A razão da escassez de posts e o desaparecimento do assunto "emagrecer" tem uma razão muito simples:

Uma barriguita de praticamente 5 meses de gravidez! :)

Uma pequerrucha (sim, é uma menina) cresce dentro de mim, e por isso, não é tempo de dietas nem de grandes esforços físicos.

Tenho-me esforçado por manter a atividade física a um nível regular, entre caminhadas e natação, apenas, e a alimentação, apesar de naturalmente mais folgada que antes, também tem sido alvo da minha atenção.
Não quero (e espero consegui-lo) ser daquelas mulheres que aumentam 20 e 30kg na gravidez. 
Até porque a minha constituição física e a minha idade ditam que, se tal acontecer, vou ter de sofrer muito para conseguir recuperar.

O meu objetivo é não passar dos 10-11kg. Até aqui, aumentei 4kg. Acho que estou no bom caminho. Não posso é distrair-me muito! :)