terça-feira, 8 de março de 2016

De parabéns hoje

Hoje é dia de aniversário de duas pessoas que me são muito queridas.

Um tio, irmão mais novo da minha mãe, por quem sempre nutri um afeto muito especial. Foi companheiro de brincadeiras quando éramos miúdas (faz diferença da minha irmã apenas 8 anos, e de mim 10), uma referência na nossa juventude e gosto imensamente dele.
A vida tem sido um pouco madrasta para ele nos últimos anos, mas quero acreditar que ainda tem pela frente muitas coisas boas para viver. Afinal, ainda só faz 49 anos! :)
Parabéns!

O outro aniversariante é o meu sobrinho mais pequenino. O R. faz hoje 5 anos.
Há 5 anos recebia uma mensagem, às 7h da manhã, anunciando o seu nascimento, muito antes do tempo previsto. A minha irmã já há umas semanas que estava internada, em repouso absoluto, e medicada contra as contrações, para atrasar ao máximo o parto.
Mas às 26 semanas e 3 dias de gestação, o R. achou que era hora de saltar cá para fora. Nasceu num dia de Carnaval, pregando uma partida à mãe, ao pai... à família toda.
Não soube ao certo o que a minha irmã passou até eu mesma passar por algo semelhante com a minha S. (que, diga-se de passagem, decidiu ser ainda mais apressada que o primo). O facto de ela viver lá longe nos algarves contribuiu para esse facto.
Sei hoje que passou as passas do algarve (bem adequado, lol), que o processo de acompanhamento de um prematuro não se limita a esperar que ele aumente de peso para ir para casa, que não se trata de ter apenas paciência.
Sei hoje que o R. pequenino é um vencedor, um lutador, e que a minha irmã é uma verdadeira heroína, como são todas as mães de prematuros (especialmente dos extremos), e ainda mais no caso dela que tinha um outro R. também ainda muito pequeno, com apenas 21 meses, a precisar imenso dela.
Hoje o R. é um reguila e está de parabéns!
Mas também estão os pais que lutaram por ele!

2 comentários:

MariaXL disse...

Parabéns a essas pessoas especiais! :-)

Raquel Freitas disse...

Oh pá, já me fizeste chorar logo de manhã... mas são lágrimas boas! <3
Muito obrigada pelas palavras tão generosas, acho que eu não mereço tanto! Já o pequeno Pirata merece todas elas e muito mais: é um lutador sempre feliz que nos alegra todos os dias.
Beijos grandes cheios, cheios de saudades.... da tua manocas que a vida levou fisicamente para longe, mas que está sempre perto para tudo o que precisares...

PS: Vou transcrever o teu texto para o meu blog, ficas avisada! :)