terça-feira, 20 de outubro de 2015

Já começa a ser rotina

Acorda algures a meio da noite - normalmente, entre as 4 e as 5 da manhã - e demora tempos infinitos a voltar a adormecer.
Experimentei ficar simplesmente junto a ela, mas não funciona.
Pego nela ao colo e ela fica com o olhar no infinito, a chuchar na chupeta. Super sossegada, mas de olho arregalado.
Desisto de estar mal instalada (sentada no chão do quarto dela ou no banco que lá está) e vou com ela para a nossa cama. Sento-me com ela ainda ao meu colo, bem encostadinha a mim, e passado uns minutos (às vezes mais outras vez menos), após uns resmungos e rearranjos de posição, lá adormece.
Deito-a no nosso meio, e assim fica, até de manhã... embora se mexa e remexa uma série de vezes, enfiando um pé na minha cara e a mão na cara do pai, ou vice versa!

Não é todas, todas as noites... mas já começam a ser noites demais! Não sei bem o que fazer...
Vou dedicar-me a ler este livro, a ver se encontro ajuda.

24101032

2 comentários:

Feijoca Magazine disse...

Podes dar-me o número de telemóvel da tua filha? É que eu acordo à mesma hora e assim tinha com quem falar! :-)

Não sei como te ajudar. Cá em casa as miúdas sempre foram dorminhocas!

Beijinhos, boa leitura e boa sorte!

Life is Sweet disse...

A minha também acordava várias vezes de noite, mas adormecia rapidamente. Acho que são fases que mais tarde ou mais cedo passam. Beijo