sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Sobre a "crise" dos refugiados...

...e depois das últimas imagens, só consigo pensar em duas coisas:

  • Como sou grata por tudo o que tenho, pela saúde da minha filha, pela possibilidade que temos de viver uma vida confortável, num país em paz. Que assim seja sempre.
  • O que posso fazer para ajudar? Sei que o que quer que faça será pouco nesta desgraça imensa, mas se todos fizermos um pouco, poderemos contribuir para a mudança. Donativos (monetários ou em bens ) e subscrição de petições a quem pode de facto fazer grandes mudanças são as formas mais simples de ajudar. Podem ver aqui essas e outras sugestões de como agir. Ficar a olhar não pode ser opção. Não pode mesmo!!!

Sem comentários: