terça-feira, 17 de novembro de 2015

Dia Mundial da Prematuridade


Hoje celebra-se o Dia Mundial da Prematuridade.
Dizem as estatísticas que 1 em cada 10 bebés nascem prematuros (ou seja, antes das 37 semanas).
A minha pequenina faz parte destes 10%. Na verdade, faz parte dos menos de 1% que nascem abaixo das 28 semanas.

Não é novidade, acho eu, para quem me lê, que a minha filha nasceu prematura.
Nasceu às 25 semanas e 5 dias de gestação, com 790g e 30,5cm. Um nico de gente, ainda mais nico que os outros bebés, ditos normais.
Uma lutadora que esteve 115 dias internada na UCI de Neonatologia do Hospital de São João.
Uma vencedora que ultrapassou dificuldades imensas.

Foram dias muito difíceis, que não desejo a ninguém. Uma experiência muito dura, que nos ensina a fragilidade da vida, mas acima de tudo que somos muito mais fortes do que muitas vezes pensamos.

Hoje, felizmente, é uma bebé saudável (tanto quanto se pode avaliar), bem disposta, com um desenvolvimento normal (embora ajustado à sua idade corrigida).

Hoje celebra-se o Dia Mundial da Prematuridade. Celebram-se os pequenos guerreiros que venceram a batalha e aqueles que, infelizmente, foram levados cedo demais. Celebram-se os pais, que lutam muito junto dos seus pequeninos. Celebram-se os profissionais de saúde extraordinários.
Celebra-se a vida, na sua plenitude, pelo exemplo destes super pequeninos, destes heróis!

6 comentários:

Life is Sweet disse...

Além dos bebés prematuros, também é preciso louvar os seus pais que seguramente passam por maus momentos, quando deveriam estar a viver uma das maiores alegrias. Beijinho especial para ela e para ti

MariaXL disse...

Parabéns a todos os bebés guerreiros, a todas as famílias guerreiras e um abraço em especial à vossa!

Timtim Tim disse...

Quer os bebés quer os pais destes bebés são autênticos guerreiros. Tenho uma amiga que nasceu há mais de 30 anos com 600 gr às 24 semanas. E sobreviveu sem sequelas de grande relevo. Vive uma vida absolutamente normal. Há 30 anos...

AMOR XXS disse...

Dia 17 também foi um dia especial para mim, também tenho em casa um bebé prematuro. Há três meses nasceu o meu menino de 32semans e 5dias e é difícil recordar os 20 dias em que ele esteva internado. Ser mãe de um prematuro é passar um mau bocado com o seu internamento e viver com o coração nas mãos com a incógnita do seu crescimento, se virá a ter algum problema.

Um abraço apertado às duas. Felicidades.

Anónimo disse...

Olá! És a mesma gorduchita do Gorduchita's Support? Se és bem... já lá vai um bom tempo desde a última vez que te visitei (do blog Passo a Passo). Hoje lembrei-me de ver por onde andavas e vejo esta história da tua filhota, que ainda não conhecia. Passaram dias difíceis, mas aí está ela, linda e forte. Beijinhos da Lua no Deserto.

Gorduchita disse...

Eu mesma! Espero que esteja tudo bem contigo!